“Cacarecos espaciais”: Cuidado com eles !

Um fazendeiro australiano encontrou em suas terras, no sudoeste de Queensland, uma bola retorcida de metal que ele acredita ser lixo espacial. O homem está certo que o destroço pertence a um foguete que é utilizado para lançar satélites comerciais. Na teoria, a peça teria de ser destruída totalmente ao reentrar na atmosfera da Terra.

Uma esfera, de cerca de um metro de diâmetro, caiu em uma fazenda, em Montividiu (GO), neste fim de semana. O objeto não era pesado e ficou amassado com a queda. Moradores da região não perceberam o momento em que a esfera apareceu. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) acredita na hipótese de o material ser lixo espacial.

O produtor rural Sebastião Marques da Costa disse que a peça desconhecida estava quente quando foi encontrada. A esfera caiu a cerca de 150 metros de uma casa e atraiu muitos curiosos. Alguns ficaram com medo, outros se arriscaram a mexer e a dar palpites sobre a origem do objeto desconhecido.
Técnicos da Vigilância Sanitária de Goiás estiveram na fazenda nesta segunda-feira (24). Eles não recolheram o objeto, mas recomendaram que os moradores não toquem na esfera. A Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) foi avisada e deve mandar técnicos ao local e analisar se o objeto tem alguma radioatividade.

População deve manter distância de possível lixo espacial

Tudo indica que o estranho objeto que caiu em Montividiu (interior de Goiás) neste fim de semana é mesmo um pedaço de lixo espacial — possivelmente um tanque de combustível. A avaliação preliminar, feita com base na fotografia publicada pelo G1, é do engenheiro aeroespacial Petrônio Noronha de Souza, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Ele alerta que, em casos como esses, deve-se isolar a área e manter distância do destroço orbital, porque ele pode conter resquícios de substâncias tóxicas.

“Eu não recomendaria que ninguém se aproximasse do objeto. O ideal é chamar os bombeiros ou outros especialistas com equipamento que lhes permita lidar com material tóxico”, disse Souza ao G1 por telefone. “Após a reentrada, pode até ser que o material esteja totalmente inerte, mas é melhor não arriscar.”

Ao contrário do que circula no imaginário popular, é relativamente raro que satélites ou seus fragmentos contenham material radioativo. “E, quando está presente, ele fica encapsulado em cilindros que são virtualmente indestrutíveis. Certamente não é o caso desse objeto que caiu em Goiás”, afirma o pesquisador do Inpe.  

 Tanque?

Embora as imagens do objeto deixem alguma margem para dúvida, “ele tem todo o jeito de um tanque de combustível”, diz Souza. “Não dá para saber se é uma sobra de satélite ou foguete. Pode ser que ele tivesse outras partes, que foram consumidas durante o atrito com a atmosfera. Mas, decerto, não se trata de uma peça de avião nem de balão.”

A estrutura em gomos, que lembra vagamente uma colméia, tem a ver com a maneira como essas estruturas são produzidas, de acordo com o especialista — no processo, materiais como fibra de carbono são “tecidos” ou “trançados” até adquirir essa aparência. Na verdade, trata-se de uma manta enrijecida que é bastante resistente ao atrito.

Também não é possível saber, apenas com as fotografias, se o objeto original era totalmente esférico ou se tinha a forma de uma ampola ou cápsula. O tanque poderia conter hidrogênio e oxigênio líquidos — nesse caso, os combustíveis certamente foram consumidos por inteiro. No entanto, também é possível que ele contivesse propelentes como a hidrazina, o mesmo combustível de foguetes usado por um satélite-espião recentemente derrubado pelos militares dos EUA. A hidrazina é altamente tóxica, podendo causar danos severos aos sistemas respiratório e nervoso.

A Terra é recoberta por uma grossa camada de objetos feitos pelo homem. Milhares de satélites e também muito lixo – quase dez mil fragmentos. De vez em quando, uma dessas peças abandonadas desaba do céu. O objeto mais recente do lixo espacial a despencar na Terra é uma esfera que caiu perto do município de Montividiu, no interior de Goiás. Caiu a 150 metros de uma casa.

Os técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear foram ao local e tranqüilizaram a população, que estava com medo de se tratar de um objeto radioativo. O aparelho que mede a radiação não detectou nada.

O objeto não era radioativo e foi transportado até a sede da Comissão Nacional de Energia Nuclear, perto de Goiânia. No início, muitos cuidados, por causa de uma poeira que o material soltava. Mas o especialista em satélites, José Nivaldo Hinckel, enviado de São Paulo, explicou que o objeto pode ser um componente de um tanque de combustível, por exemplo, de um artefato espacial.

“A casca metálica é de titânio e o reforço externo é de fibra de carbono. Isso é muito comum em satélites”, afirmou Hinckel. “O fato de o metal ter derretido localmente é indicação clara que isso tenha sido submetido a uma temperatura muito elevada e a temperatura provavelmente foi causada pelo atrito durante e reentrada. Essa é a indicação bem clara de que isso tem origem espacial”, acrescenta.

Em 2001, um outro objeto de origem espacial despencou em uma região isolada de Mato Grosso do Sul. Na área, hoje existe uma pousada. O lixo espacial virou atração. “Eu peguei a bola e balancei um pouco. Tinha um líquido dentro. Quando vi o equipamento do pesquisador fiquei preocupado. Vi que poderia ter sido contaminado por radiação, mas eles mediram tudo e não tinha perigo”, conta o funcionário Eduardo Jorge Correa.

O astrônomo Roberto Boczko explica que o maior perigo está lá no alto, para os astronautas que navegam em meio a um monte de lixo. Por exemplo: uma luva, perdida pelo astronauta Ed White, em 65, em uma caminhada espacial. “Uma luva andando a quarenta mil quilômetros por hora lá no espaço, se bater em uma estação espacial, fura”, ressalta. “Eu não dormiria tranqüilo. A probabilidade de ser atingido é muito grande”.

O astrônomo afirma que o lixo espacial que cai na terra geralmente está em altitudes baixas, cerca de quinhentos quilômetros. Nessa região ainda resta um pouco de atmosfera, que aos poucos vai “segurando” o satélite. Até que um dia ele cai. Muitos queimam quando se aproximam da terra. “Às vezes, um tamanho maior acaba conseguindo atravessar a atmosfera inteira. Imagine um fragmento desses extremamente aquecido caindo em um depósito de combustível pode causar uma tragédia razoavelmente grande”, destaca Boczko.

Como os oceanos ocupam 75% da Terra, a chance é de 75% de o lixo espacial cair no mar. “É acreditar na sorte mesmo. Realmente é acreditar na sorte.”

Sobre Baldaci

A Haggai Alummi M606, An Amateur astronomer, A husband, father and a visionary baptist pastor working hard to Plant a Church in Cuiaba, Brazil and to establish the first Cyber Theater and Planetarium in my state(http://on.fb.me/hkCGff) Unique pastor and astronomer in Brazil. Working using astronomy to reach poor childrens and against drugs. http://bit.ly/eu0zgB Member of SOC-JPL-NASA (http://bit.ly/eoyow6) and Astronomer without borders (http://bit.ly/dTCOJG) Host of program “Eyes on skies” TV Assembléia Legislativa(http://on.fb.me/gmF5LE) e Ombudsman of Education State Secretary of Mato Grosso with assistance to 711 schools. About me at Haggai´s web site: http://bit.ly/hAfceX
Esse post foi publicado em Eduardobaldaci.com, lixo espacial, nasa, space trash. Bookmark o link permanente.

7 respostas para “Cacarecos espaciais”: Cuidado com eles !

  1. Hugo disse:

    Olha amigo
    No “Entre Rios” Argentina caiu alguma coisa este domingo à noite (6/04/2008). Neste caso, segundo testimonhas, os vidros de casas a 50 km tremeram. voce que acha? Será um meteorito? o será outra parte da mesma nave ou satelite ou o que seja?
    Hugo Stunz
    desde Buenos Aires, Argentina

  2. Luiz Fernando disse:

    Gostei do Artigo. Bem interessante. Fico pensando se um objeto destes cai em uma região densamente habitada o que poderia ocorrer…

  3. Newton Monteiro Guimarães disse:

    Luiz Fernado, muito impossivel que isso possa acontecer.

    Primeiro. Estamos sob a força gravitacional indicada pelo sibolo F signfica força.

    De acordo com a 1° lei de Sir Isaac Newton ele afimma que a matéria atrai materia na razãoverso e inversa de sua massa proporcional ao quadrado da distãncia que o separa: alua da Terra isso signfica o seguinte; assim como a maçã preza na maciera está para a Terra, a Lua está também para Terra. A diferença é, que a Lua está a 380.000.km distante da Terra. E a força gravitacional da Terra não está propocional a distancia Terra x lua.
    Imaginemos: que isso fosse verdade, que a lua fosse atraida pela F, G, da Terra, vejá o que se isso em verdade acontecesse, a Lua não alcansaria o solO da Terra, devido a distância que estão uma da outra.
    Mas, admitido q fosse verdade que esse fato imaginado estivesse acontecendo, o corpo da lua desintegraria em atrito com a massa do ar e jamais cairia de encontro com a Terra.
    Albert AinsThein. na formulaçao da Lei da relatividade: todo corpo que alcaçã porximo a velocidade da luz esta em 4.5 segundo no infinto, indepente de sua nmassa,isso significa: tanto pode ser a lua , a maçã, Jupiter ou Plutão, um tijolo de ouro ou uma pena. O que importa e poderia acontecer conciderando “NOVENTA E OITO POR CENTO DE POSIBILIDADE” oque é inpossivel devido a aceleração dos corpos no espaço. Nós não sentimos essa força, porque somos pequenos corpos e não conseguimos vencer a lei da inercia, se isso fosse verdade todo corpo pequeno crudaria em nós.
    todo espaço está na inercia onde não existem o ar, todo corpo movimenta eternamente retilínio a não ser que seja atraido por uma força g maior ” como no caso deste obijeto acima visto” são os restos do corpo resistente a força “G” da Terra. Para se ter una ideia esse obijeto é o segundo que cai sobre a Terra, o primeiro caiu na Bahia em 1821 era um meteorito seus resto encontra-se no museu de londres E.U.A.

    a Lua cai sobre a terra 4.9 segundos por ano, mas devido a velocidade da Terra no movimento de transação que é de 29.9 km por segundo em torno do sol está contrariada jamais acontecera. é por essa razão que a lua gira em tono da Terra pela força gravitacional da Terra em relação a Lua, sem contar o forma da terra que é ovalizada tendo i.50 metros de achatamento no polo sul e polo norte, para que você possa ter uma idéia, não cosiderando o tamanho e sim a forma da terra; pimagine que você pegue dois pioes esses que agente quando criança brica com eles com uma fieira “um cordão” voc~e corta a aste onde nós colocamos primeiro a fieira na topo para depois encolar no pião ecerta reta os dois lados do pião e encosta um no outro voc~e esá com a trra na mão, imaginando que as duas pontas represente o dois polos norte e sum 1.5 metros, e onde você encontrou um no outro é tropico de capricornio dai uma grade variação da distacia entre sol e terra. lembrando ainda que a Terra esta com uma inclinação 23 graus a leste I/ e 23 graus a oste \I E ESSA INCLINAÇÃO É CAUSA DO IVERNO OUTÔNO PRIMAVERA E VERÃO. Todo corpo no universo, seja planeta, uma galaxia, ou um carro ou uma pena esta porposional a “F” gravutacional “G” DAI A Inersia que imposibilita o que voc~e imaginou acontecer, pode ocorrer como aconteceumas estes corpos são satelites lançado da tera que atraidos por f g da terra as vezes raramenta pode acontecer, mas é muito dificil
    Este comentario é apenas uma comparação da impossibilidade de acontecer e não acontecer, o mundo da fisica é infito, assim como o infinito é. Todo espaço esta na inercia por onde todo corpo se movimenta, e o movimento de um ponto a outro é o que chamamos de tempo ou eternidade ou infinto em nossa mente, por onde todo corpo unniversal ou seja celestial, deslisa eternamente.
    o que muito dificil acontcer ” Deus nao errou na geometria do Universo sua menicânica universal é bem equilibrada Ele colocou tudo no ceu devido lugar anos luz uma corpo do outro, para se ter uma idéia a galaxia de adromeda está a 9.5 trilhões de anos Luz da via laccteia o nosso sistema solar e é o nosso visinho mais proximo, o nossoSol esta a oito segundos Luz DA TERRA O QUE EQUIVALE A 2.4 BILHOES DE KM DISTANTE DE NÓS.
    DESCUPE OS ERRO OUTGRAFICO E…
    SAUDAÇOES ,COM PAZ E FELICIDADES PODE FICER SOSEGADO DE LEMBRAÇAS A SUA MÃE , DEPOIS AGENTE SE VÊ
    26/07/2008. respondo a pergunta de Luiz Fernado em 08 de abril de2008 as 10;34 pm
    Newton Guimarães.

  4. Luiz Fernado, muito impossivel que isso possa acontecer.

    Primeiro. Estamos sob a força gravitacional indicada pelo sibolo F signfica força.

    De acordo com a 1° lei de Sir Isaac Newton ele afimma que a matéria atrai materia na razãoverso e inversa de sua massa proporcional ao quadrado da distãncia que o separa: alua da Terra isso signfica o seguinte; assim como a maçã preza na maciera está para a Terra, a Lua está também para Terra. A diferença é, que a Lua está a 380.000.km distante da Terra. E a força gravitacional da Terra não está propocional a distancia Terra x lua.
    Imaginemos: que isso fosse verdade, que a lua fosse atraida pela F, G, da Terra, vejá o que se isso em verdade acontecesse, a Lua não alcansaria o solO da Terra, devido a distância que estão uma da outra.
    Mas, admitido q fosse verdade que esse fato imaginado estivesse acontecendo, o corpo da lua desintegraria em atrito com a massa do ar e jamais cairia de encontro com a Terra.
    Albert AinsThein. na formulaçao da Lei da relatividade: todo corpo que alcaçã porximo a velocidade da luz esta em 4.5 segundo no infinto, indepente de sua nmassa,isso significa: tanto pode ser a lua , a maçã, Jupiter ou Plutão, um tijolo de ouro ou uma pena. O que importa e poderia acontecer conciderando “NOVENTA E OITO POR CENTO DE POSIBILIDADE” oque é inpossivel devido a aceleração dos corpos no espaço. Nós não sentimos essa força, porque somos pequenos corpos e não conseguimos vencer a lei da inercia, se isso fosse verdade todo corpo pequeno crudaria em nós.
    todo espaço está na inercia onde não existem o ar, todo corpo movimenta eternamente retilínio a não ser que seja atraido por uma força g maior ” como no caso deste obijeto acima visto” são os restos do corpo resistente a força “G” da Terra. Para se ter una ideia esse obijeto é o segundo que cai sobre a Terra, o primeiro caiu na Bahia em 1821 era um meteorito seus resto encontra-se no museu de londres E.U.A.

    a Lua cai sobre a terra 4.9 segundos por ano, mas devido a velocidade da Terra no movimento de transação que é de 29.9 km por segundo em torno do sol está contrariada jamais acontecera. é por essa razão que a lua gira em tono da Terra pela força gravitacional da Terra em relação a Lua, sem contar o forma da terra que é ovalizada tendo i.50 metros de achatamento no polo sul e polo norte, para que você possa ter uma idéia, não cosiderando o tamanho e sim a forma da terra; pimagine que você pegue dois pioes esses que agente quando criança brica com eles com uma fieira “um cordão” voc~e corta a aste onde nós colocamos primeiro a fieira na topo para depois encolar no pião ecerta reta os dois lados do pião e encosta um no outro voc~e esá com a trra na mão, imaginando que as duas pontas represente o dois polos norte e sum 1.5 metros, e onde você encontrou um no outro é tropico de capricornio dai uma grade variação da distacia entre sol e terra. lembrando ainda que a Terra esta com uma inclinação 23 graus a leste I/ e 23 graus a oste \I E ESSA INCLINAÇÃO É CAUSA DO IVERNO OUTÔNO PRIMAVERA E VERÃO. Todo corpo no universo, seja planeta, uma galaxia, ou um carro ou uma pena esta porposional a “F” gravutacional “G” DAI A Inersia que imposibilita o que voc~e imaginou acontecer, pode ocorrer como aconteceumas estes corpos são satelites lançado da tera que atraidos por f g da terra as vezes raramenta pode acontecer, mas é muito dificil
    Este comentario é apenas uma comparação da impossibilidade de acontecer e não acontecer, o mundo da fisica é infito, assim como o infinito é. Todo espaço esta na inercia por onde todo corpo se movimenta, e o movimento de um ponto a outro é o que chamamos de tempo ou eternidade ou infinto em nossa mente, por onde todo corpo unniversal ou seja celestial, deslisa eternamente.
    o que muito dificil acontcer ” Deus nao errou na geometria do Universo sua menicânica universal é bem equilibrada Ele colocou tudo no ceu devido lugar anos luz uma corpo do outro, para se ter uma idéia a galaxia de adromeda está a 9.5 trilhões de anos Luz da via laccteia o nosso sistema solar e é o nosso visinho mais proximo, o nossoSol esta a oito segundos Luz DA TERRA O QUE EQUIVALE A 2.4 BILHOES DE KM DISTANTE DE NÓS.
    DESCUPE OS ERRO OUTGRAFICO E…
    SAUDAÇOES ,COM PAZ E FELICIDADES PODE FICER SOSEGADO DE LEMBRAÇAS A SUA MÃE , DEPOIS AGENTE SE VÊ
    26/07/2008. respondo a pergunta de Luiz Fernado em 08 de abril de2008 as 10;34 pm
    Newton Guimarães.não disse iso duas veses

  5. corrigindo os erros da redação aciam enviada como voc~e sabe tenho problema em um pulso e não consigo ainda digitar muito bem

    2. Luiz Fernando Abril 8, 2008 em 10:34 pm
    Gostei do Artigo. Bem interessante. Fico pensando se um objeto destes cai em uma região densamente habitada o que poderia ocorrer…
    3. Newton Monteiro Guimarães Julho 27, 2008 em 8:17 am
    Luiz Fernando, muito impossível que isso possa acontecer.
    Primeiro. Estamos sob a força gravitacional indicada pelo símbolo F significa força.
    De acordo com a 1° lei de Sir Isaac Newton ele afirma que a matéria atrai matéria na razão verso e inversa de sua massa proporcional ao quadrado da distância que o separa: alua da Terra isso significa o seguinte; assim como a maçã preza na maneira está para a Terra, a Lua está também para Terra. A diferença é que a Lua está a 380.000.km distante da Terra. E a força gravitacional da Terra não está proporcional a distancia Terra x lua.
    Imaginemos: que isso fosse verdade, que a lua fosse atraída pela F, G, da Terra, veja o que se isso em verdade acontecesse, a Lua não alcançaria o solo da Terra, devido à distância que estão uma da outra.
    Mas, admitido q fosse verdade que esse fato imaginado estivesse acontecendo, o corpo da lua desintegraria em atrito com a massa do ar e jamais cairia de encontro com a Terra.
    Albert Anistiem. na formulação da Lei da relatividade: todo corpo que alcaçã próximo a velocidade da luz esta em 4.5 segundo no infinto, independe de sua massa,isso significa: tanto pode ser a lua , a maçã, Júpiter ou Plutão, um tijolo de ouro ou uma pena. O que importa e poderia acontecer considerando “NOVENTA E OITO POR CENTO DE POSIBILIDADE” o que é impossível devido a aceleração dos corpos no espaço. Nós não sentimos essa força, porque somos pequenos corpos e não conseguimos vencer a lei da inércia, se isso fosse verdade todo corpo pequeno grudaria em nós.
    todo espaço está na inércia onde não existe o ar, todo corpo movimenta eternamente retilíneo a não ser que seja atraído por uma força g maior ” como no caso deste objeto acima visto” são os restos do corpo resistente a força “G” da Terra. Para se ter una idéia esse objetivo é o segundo que cai sobre a Terra, o primeiro caiu na Bahia em 1821 era um meteorito seu resto encontra-se no museu de Londres EUA
    a Lua cai sobre a terra 4.9 segundos por ano, mas devido a velocidade da Terra no movimento de transação que é de 29.9 km por segundo em torno do sol está contrariada jamais acontecera. É por essa razão que a lua gira em tono da Terra pela força gravitacional da Terra em relação a Lua, sem contar o forma da terra que é ovalizada tendo i.50 metros de achatamento no pólo sul e pólo norte, para que você possa ter uma idéia, não considerando o tamanho e sim a forma da terra; pimagine que você pegue dois piões esses que agente quando criança brinca com eles com uma fieira “um cordão” você corta a aste onde nós colocamos primeiro a fieira na topo para depois enrolar no pião reta os dois lados do pião e encosta um no outro você está com a terra na mão, imaginando que as duas pontas represente o dois pólos norte e sul 1.5 metros, e onde você encontrou um no outro é tropico de capricórnio dai uma grade variação da distância entre sol e terra. Lembrando ainda que a Terra esta com uma inclinação 23 graus a leste I/ e 23 graus a oeste \I E ESSA INCLINAÇÃO É CAUSA DO IVERNO OUTÔNO PRIMAVERA E VERÃO. Todo corpo no universo, seja planeta, uma galáxia, ou um carro ou uma pena esta porposional a “F” gravitacional “G” DAI A Inércia que impossibilita o que você imaginou acontecer, pode ocorrer como aconteceu mas estes corpos são satélites lançado da terra que atraídos por f g da terra as vezes raramente pode acontecer, mas é muito difícil
    Este comentário é apenas uma comparação da impossibilidade de acontecer e não acontecer, o mundo da física é infinito, assim como o infinito é. Todo espaço esta na inércia por onde todo corpo se movimenta, e o movimento de um ponto a outro é o que chamamos de tempo ou eternidade ou infinto em nossa mente, por onde todo corpo universal, ou seja, celestial, desliza eternamente.
    o que muito difícil acontecer “Deus não errou na geometria do Universo sua menicânica universal é bem equilibrada Ele colocou tudo no céu devido lugar anos luz uma corpo do outro, para se ter uma idéia a galáxia de Andrômeda está a 9.5 trilhões de anos Luz da via láctea o nosso sistema solar e é o nosso visinho mais próximo, o nosso Sol esta a oito segundos Luz DA TERRA O QUE EQUIVALE A 2.4 BILHOES DE KM DISTANTE DE NÓS.
    DESCUPE OS ERRO OUTGRAFICO E…
    SAUDAÇOES ,COM PAZ E FELICIDADES PODE FICER SOSEGADO DE LEMBRAÇAS A SUA MÃE , DEPOIS AGENTE SE VÊ
    26/07/2008. respondo a pergunta de Luiz Fernando em 08 de abril de2008 as 10;34 pm
    Newton Guimarães.

    • Charles Centeno disse:

      Eu não sou nenhum Expert em física espacial, mas se oque você falou esta correto então porque um asteroide causou a extinção K-T (extinção dos dinossauros)? Se um dia a lua por interferência de algum outro corpo espacial viesse a colidir com a terra, ela não seria destruída na reentrada como você disse, bem pelo contrario a lua tem massa demais para se desintegrar tão facilmente. Ela iria sim atingir a o solo causando provavelmente a maior extinção em massa que a terra já presenciou, alem da força do impacto e dos detritos jogados na atmosfera, oque bloquearia o sol por vários meses, até anos, a lua influencia o clima na terra diretamente, alem de ajudar na rotação do planeta, sem ela o clima terrestre viraria um caos, podendo quem sabe ate causar mudanças tão radicais que deixariam o planeta estéril, isso que falei não é uma teoria minha, isso os cientistas aceitam como uma possibilidade para, oque aconteceu em marte a cerca de 4 bilhões de anos, quando a terra ainda era muito jovem com apenas meio bilhão de anos.
      Porem isso é muito difícil de acontecer sem a interferência de outro corpo, um asteroide por exemplo, a lua segundo os meus conhecimentos esta se fastando da terra, oque em alguns milhões de anos, a levara a deixar a orbita da terra. Quando isso acorrer a terra provavelmente ira virar um planeta morto sem vida, ou com apenas micróbios entocados em fendas, tal qual como acredita-se ser marte hoje.

      ESSE COMENTÁRIO, E BASEADO EM MEUS CONHECIMENTOS, PEÇO DESCULPAS SE MENCIONEI ALGO INCORRETO E LEVANDO EM CONTA QUE O COMENTÁRIO QUE RESPONDI TENHA SIDO ESCRITO EM 2008, E POSSÍVEL QUE AS INFORMAÇÕES CITADAS NO MESMO TENHAM CIDO REVISTAS.

  6. depoiseu evio a voc~materia sobre a fisica , cosmologia e universo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s