Eclipse da Lua será Sábado dia 03 de Março !

eclipse.jpg

No próximo Sábado, dia 03 de Março, os moradores das cidades de MT poderão observar o primeiro Eclipse Lunar do Ano. Na ocasião, a Lua cheia “nascerá” eclipsada com um tom bem vermelho que irá progredindo até às 19:21, quando está previsto o meio do Eclipse.

Os eclipses da Lua ocorrem toda vez que o nosso satélite penetra no cone de sombra projetado pela Terra no espaço. Estando, portanto, do lado oposto ao Sol, os eclipses lunares só podem ter lugar quando a Lua passa pela fase de cheia.

eclipslunar.jpg

Iluminada pelo Sol, a Terra projeta no espaço dois cones: um de sombra e um de penumbra. Em seu movimento orbital ao redor da Terra, em certas ocasiões, a Lua penetra no cone de penumbra e temos o chamado eclipse penumbral, muito dificil de ser observado, uma vez que a atenuação do brilho lunar é quase imperceptível. Em determinadas condições a Lua pode atravessar parcial ou totalmente o cone de sombra, ocorrendo aí, o ECLIPSE LUNAR propriamente dito.

O diagrama seguinte representa um corte da região da penumbra e da sombra projetadas pela Terra, na posição correspondente à distância da Lua, ilustrando as diversas fases do fenômeno que poderá observado. A Lua permanecerá totalmente imersa na sombra da Terra ( intervalo U3-U2 ) durante 01 hora e 14 minutos, cerca de 33 minutos a menos do que a máxima duração possível para esse tipo de fenômeno que é de 1h 47min.

Embora sendo um astro iluminado pelo Sol e estando imersa na sombra da Terra, a Lua não se tornará invisível. É que uma parte dos raios solares que atravessa a atmosfera terrestre sofre desvio ( refração ), penetra no cone de sombra e atinge o disco lunar permitindo sua percepção. As condições atmosféricas da Terra, no momento do eclipse, determinam a coloração da Lua no instante da totalidade. Em muitas ocasiões, a Lua se apresenta com uma coloração alaranjada, em outras avermelhada e, em alguns eclipses, com um tom marrom escuro, quando na atmosfera existem grandes quantidades de partículas geradas, principalmente, pelas erupções vulcânicas.

luaverm.jpg

A luz solar é composta por radiações de várias cores (várias freqüências). Quando a luz do Sol atinge a atmosfera, atravessando-a de forma razante como na figura acima, as moléculas do ar produzem o espalhamento da luz azul em todas as direções. As radiações de maior comprimento de onda ( alaranjada e vermelha ) são desviadas para dentro do cone de sombra, dando essas tonalidades à Lua à medida que o eclipse se desenvolve.

A OBSERVAÇÃO DO ECLIPSE

O eclipse poderá ser observado a olho nu ou com o auxílio de binóculos, lunetas ou telescópios, uma vez que este fenômeno não traz quaisquer prejuízos à visão, ao contrário do que ocorre com os eclipses solares. O amador em astronomia que disponha de um pequeno instrumento para a observação poderá acompanhá-lo cronometrando os instantes das diversas fases, assim como a passagem da sombra pelas inúmeras crateras, mares e montanhas lunares.

Durante o eclipse, a Lua estará localizada na constelação de Leo ( o Leão ). A borda sudoeste do disco lunar estará, no meio do eclipse, a 2,4′ do centro da sombra e a borda nordeste a 6,9′ do limite da sombra e a 32,2′ do centro ( veja a figura 2 ). Desta forma, diferentes regiões da Lua estarão em diferentes partes da sombra e poderemos notar diferenças no brilho e na coloração do disco lunar. O limbo nordeste, mais próximo da borda da sombra, se apresentará mais claro que o limbo sudoeste que estará próximo do centro da sombra.

Para um observador em São Paulo, no instante do meio do eclipse, a Lua estará com 23,6º de altura e 70,0º de azimute ( contado a partir do ponto cardeal norte no sentido norte – leste – sul – oeste ).

IMPORTÂNCIA DOS ECLIPSES LUNARES

Do ponto de vista científico os eclipses lunares têm menor importância que os eclipses solares. Mesmo assim, há observações e medidas que permitem melhorar o conhecimento científico. Por exemplo: a observação da Lua na faixa do infra-vermelho, durante a sua entrada na sombra da Terra e no período em que ela se encontra mergulhada no interior do cone de sombra terrestre, oferece material científico para se estudar as variações das temperaturas na superfície lunar à medida que nosso satélite é obscurecido.

As observações das diversas fases do eclipse lunar e a cronometragem dos instantes em que a sombra da Terra passa por algumas crateras lunares, permitem, pela comparação entre os instantes observados e os previstos, melhorar o nosso conhecimento sobre o movimento orbital da Lua, sobre o movimento de rotação da Terra e aprimorar os métodos de cálculo e as teorias de previsão dos eclipses.

Dois procedimentos são utilizados para o cálculo dos horários das diversas fases de um eclipse lunar: o chamado método clássico que considera os raios aparentes da sombra e da penumbra aumentados em 2% para dar conta dos efeitos da atmosfera terrestre e o método devido ao astrônomo francês André Danjon que utiliza um valor aumentado da paralaxe lunar para dar conta dos efeitos citados. No primeiro procedimento os tamanhos da sombra e da penumbra são aumentados na mesma proporção enquanto que no segundo método os aumentos são desiguais, o que provoca alteração nos instantes previstos pelos dois métodos.

A observação e a cronometragem cuidadosas dos instantes em que a sombra da Terra passa por algumas crateras lunares permitem acumular dados para que se possa calcular o aumento de tamanho da sombra terrestre e decidir qual dos dois procedimentos oferece os melhores resultados no cálculo da previsão.

São necessários para isso, além de um pequeno telescópio ou um binóculo, um relógio aferido e um mapa da superfície lunar para que possam ser identificadas as crateras. A tabela adiante fornece os instantes previstos para a passagem da sombra terrestre em algumas crateras de grande tamanho. Os instantes foram calculados pelo astrônomo norte-americano Fred Espenak, da NASA.

le2007mar03t.gif

HORÁRIOS DO ECLIPSE PARA MATO GROSSO

TABELA 1 – HORÁRIOS DAS OCORRÊNCIAS DAS DIVERSAS FASES

Nº FASES F DATA CLÁSSICO DANJON
1 Entrada da Lua na penumbra P1 03.03.2007 16h 16m 16h 18m
2 Entrada da Lua na sombra U1 03.03.2007 17h 30m 17h 30m
3 Início do eclipse total U2 03.03.2007 18h 44m 18h 44m
4 Meio do eclipse M 03.03.2007 19h 21m 19h 21m
5 Fim do eclipse total U3 03.03.2007 19h 58m 19h 58m
6 Saida da Lua da sombra U4 03.03.2007 21h 12m 21h 11m
7 Saida da Lua da penumbra P4 03.03.2007 22h 26m 22h 24m

Além deste Eclipse, poderemos observar durante a Semana a aproximação da Lua e Saturno.

rabo.jpg

Entre quinta (01/03) e sábado (03/03), poderemos assistir o passeio da Lua pela constelação do Leão com o encontro com o planeta Saturno. Uma hora após do Sol, olhando na direção Leste, poderemos ver Saturno em sua máxima aproximação da Terra.

Anúncios

Sobre Baldaci

A Haggai Alummi M606, An Amateur astronomer, A husband, father and a visionary baptist pastor working hard to Plant a Church in Cuiaba, Brazil and to establish the first Cyber Theater and Planetarium in my state(http://on.fb.me/hkCGff) Unique pastor and astronomer in Brazil. Working using astronomy to reach poor childrens and against drugs. http://bit.ly/eu0zgB Member of SOC-JPL-NASA (http://bit.ly/eoyow6) and Astronomer without borders (http://bit.ly/dTCOJG) Host of program “Eyes on skies” TV Assembléia Legislativa(http://on.fb.me/gmF5LE) e Ombudsman of Education State Secretary of Mato Grosso with assistance to 711 schools. About me at Haggai´s web site: http://bit.ly/hAfceX
Esse post foi publicado em Eclipse. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Eclipse da Lua será Sábado dia 03 de Março !

  1. Bruno Tsubouchi Yporti disse:

    Excelente artigo. Aliás, é uma raridade encontrar algum blogue bom que se dedique à astronomia, espero que você consiga mantê-lo ativo. Vou adicionar aos favoritos do meu site.

    Até mais e céus limpos pra vc!

  2. JUAREZ ROQUE disse:

    como se calcula a sombra da terra

  3. JUAREZ ROQUE disse:

    1- QUANDO É INVERNO NO EMISFERIO SUL QUANTOS GRAUS A LUA ESTA DO EQUADOR (ISTO É ELA ESTA TAMBEM NO EMISFERIO NORTE COM O SOL OU ELA ESTA NO EMISFERIO SUL
    2- QUANDO É VERÃO NO EMISFERIO SUL A LUA ESTA NO EMISFERIO SUL OU NO EMISFERIO NORTE

  4. Pingback: Retrospectiva 2007 e mensagem de Natal. « Observando - Help me to build an Observatory in Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s